Sobre O Livro A VITÓRIA DE JOÃO PARDO

A VITÓRIA DE JOÃO PARDO –
na busca de alternativas aos agrotóxicos

Capa do livro A Vitória de João Pardo
Capa do livro A Vitória de João Pardo

Conteúdo

João Pardo e Amadeo cultivam uma bela amizade. Visitam-se todos os dias, divertem-se e fazem planos. Juntos organizam a Primeira Assembleia de Agricultores e Pássaros.
João Pardo nutre uma forte paixão por Joana Clara, mas ela sente que é cedo demais para construirem o ninho juntos. Ainda não está preparada para cantar com ele. A paixão agita e confunde as emoções do jovem líder, mas não impede sua luta contra os agrotóxicos em Novo Horizonte.

Além dessa FÁBULA, que tematiza a sustentabilidade ecológica e social na produção de alimentos, A VITÓRIA DE JOÃO PARDO traz depoimentos e comentários de vários autores sobre esse assunto premente.

Dedicação de Adeli Seli

Silvio Meincke aparaceu na minha vida lá em Cunha Porã. Um dos poucos a entender minha juvenil rebeldia contra o autoritarismo reinante.

Eu não tinha lido a Revolução dos Bichos do Orwell, mas intuía que ninguém poderia “ser mais igual que o outro”. Nem deveria saber nada de Kant, porém sentia nas veias que havia de lutar pela dignidade do ser humano. Somos filhos de pequenos agricultores e sempre aprendemos com o João de Barro e com as abelhas que construir é um processo.

Na biblioteca que o Doutor Lena doara para a municipalidade encontrei Esopo como James Bond. Pena que não encontrei Erich Kaestner então, pois teria tido mais infância e humor.

Pouco depois parti e fui encontrar o Silvio, mais tarde, de volta ao seu Vale do Taquari, em Teutônia.

A terra, as pessoas, a “res publica”, a natureza, a solidariedade sempre foram nossos elos.

Mais recentemente, mesmo separados em dois lados do imenso mar, estamos do mesmo lado quando buscamos,
com doses de sonhos, mas também com certezas, o fim de todos os tipos de venenos.

Nossa utopia está em parte na parábola do nosso João de Barro. Nossos papos e reflexões felizmente têm sido em botecos.

E assim caminhamos juntos há tempos e mais tempo ainda para escutar o canto angustiante dos pássaros com o calor fora de hora ou o piar atrasado da madrugada de tempestade.

A crueldade de nossas almas tanto para com a Natureza bem como para com a Humanidade deve se chocar com a singeleza do João de Barro e as narrativas dos brasileiros e estrangeiros.

E caminhemos Silvio!

Adeli Seli

Lançamento

Veja as datas do Lançamento do Livro A VITÓRIA DE JOÃO PARDO – na busca de alternativas aos agrotóxicos seguindo o link.